Igreja Cristã Evangélica
... e neste lugar darei a paz, diz o SENHOR dos Exércitos. Ageu 2:9

PALAVRA PASTORAL

Liberdade aos Cativos. João 8:31-36

Creio que todos conhecem as consequências que o pecado gera,  que são: a OPRESSÃO, a MALDIÇÃO, o SOFRIMENTO, as DIFICULDADES EXTREMAS, a SEPARAÇÃO  DE DEUS, a MORTE.

Gênesis 3:16-19 Para a mulher  sentenciou o SENHOR: “Multiplicarei grandemente o teu sofrimento na gravidez;  em meio à agonia darás à luz filhos; seguirás desejando influenciar o teu  marido, mas ele te dominará!” Então  voltou-se para o homem e ordenou: “Porque escutaste a voz de tua mulher e  comeste da árvore que Eu te proibira comer, maldita é a terra por tua causa!  Com sofrimentos obterás do solo o teu alimento, todos os dias da tua vida. A terra produzirá espinhos e ervas  daninhas, e tu terás de comer das plantas do campo. Com o suor do  teu rosto comerás o teu pão, até que voltes ao solo, pois da terra foste  formado; porque tu és pó e ao pó da terra retornarás!”
 
Gênesis 3:23-24 Por isso o  SENHOR expulsou o ser humano do jardim do Éden e fez que ele lavrasse a terra  da qual havia sido formado. Deus baniu Adão  e Eva e no lado leste do jardim do Éden estabeleceu seus querubins e uma espada  flamejante que se movia em todas as direções, evitando assim que alguém tivesse  acesso à árvore da vida.


Por causa do pecado, o homem perdeu a essência da  criação de Deus, que é  a imortalidade e rejeitou ser a imagem e a semelhança  de Deus, e rejeitou ser uma criatura ESPIRITUAL e se tornou uma criatura CARNAL, com  tendências pecaminosas e quando isso aconteceu, o homem rejeitou o próprio  Deus, que é espírito. Gênesis 1:26a  Então Deus determinou: “Façamos o ser humano à nossa  imagem, de acordo com a nossa semelhança”.

João 4:24 Deus é espírito,  e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.”

Por causa dessa rejeição a Deus, o homem se tornou escravo do  pecado e passou a viver segundo o príncipe deste século, que é satanás, e foi condenado  ao sofrimento e a morte eterna. 1  João 3:8a Aquele que  vive habitualmente no pecado é do Diabo, pois o Diabo peca desde o princípio.

Mas os planos de Deus jamais podem ser frustrados ou impedidos, conforme  a Bíblia diz: Jó 42:2 Sei que podes  realizar tudo quanto desejares; absolutamente nenhuma das tuas ideias e  vontades serão frustradas! Por isso Jesus veio ao mundo como homem, para que os planos de  Deus para o homem se cumprissem na sua plenitude e o homem pudesse ser religado  a Deus através do seu sacrifício na cruz.

Jesus veio ao mundo para tivéssemos vida em abundância e para que  todo o jugo maldito de satanás fosse eliminado das nossas vidas. 1 João 3:8b  Para isto, o Filho de Deus se manifestou: para  destruir as obras do Diabo.

Deus, quando expulsou Adão e Eva da sua presença, no Jardim do  Éden, profetizou a vinda de Jesus como homem, prometendo que Ele pisaria na  cabeça da serpente. Gênesis 3:15 Estabelecerei inimizade entre ti e  a mulher, entre a tua descendência e o descendente dela; porquanto, este te  ferirá a cabeça, e tu lhe picarás o calcanhar.

O salário do pecado é a morte, portanto aquele que peca, está  condenado a morte. Por isso Jesus morreu por você, para que você tivesse a sua  sentença de morte revogada por Deus e no sacrifício dele, a maldição pudesse  ser anulada.

A dívida do pecado do homem foi paga por Jesus. Colossenses 2:13-15 E a vós outros, que estáveis  mortos pelas vossas transgressões e pela incircuncisão da vossa carne; vos deu vida  juntamente com Ele, perdoando todos os nossos pecados; e cancelou a escrita de dívida,  que consistia em ordenanças, e que nos era contrária. Ele a removeu  completamente, pregando-a na cruz; e, despojando  as autoridades e poderes malignos, fez deles um espetáculo público, triunfando  sobre todos eles na cruz.

Todas as vezes que você peca, você despreza o sacrifício de  Jesus, e quem assim o faz, também despreza a Deus e a sua obra redentora e a vida eterna.

Sem Jesus você é escravo do pecado e do diabo, e considerado  maldito por Deus, e está condenado a morte eterna.

João 8:31-36 Então, disse  Jesus aos judeus que haviam crido nele: “Se  permanecerdes na minha Palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos. E conhecereis a verdade, e a verdade  vos libertará.” Eles  responderam-lhe: “Somos descendência de Abraão e jamais fomos escravos de ninguém.  Como podes tu afirmar que seremos libertos?” Jesus  explicou-lhes: “Em verdade, em verdade vos asseguro: todo  aquele que pratica o pecado é escravo do pecado. O escravo não  fica em casa para sempre, mas o filho permanece para sempre. Assim sendo, se o Filho vos  libertar, sereis verdadeiramente livres."

NUNCA SE ESQUEÇA DISSO!

Um abraço. Fique na paz do nosso senhor e salvador Jesus Cristo.

Pr. Val Martins
Enviar Indique a leitura desta mensagem para um amigo!