Igreja Cristã Evangélica
... e neste lugar darei a paz, diz o SENHOR dos Exércitos. Ageu 2:9

PALAVRA PASTORAL

O Poder da Unção com Óleo. 

Encontramos diversos relatos na Bíblia a respeito da unção  com óleo e como existe muita “especulação” a respeito dessa ordenação Bíblica,  hoje eu quero mostrar Biblicamente, quando devemos ungir alguém ou algum  objeto.

O ato de ungir significa CONSAGRAR ou SANTIFICAR A DEUS. Quando  ungimos alguém ou algum objeto, na verdade o estamos consagrando a Deus.

Quando consagramos algo a Deus, Deus começa a cuidar daquilo  que foi consagrado.

Na consagração é dada autoridade ao Espírito Santo para agir  e para envolver aquela pessoa com poder.

LEMBRANDO QUE SOMENTE PODEMOS CONSAGRAR  AQUILO QUE  ESTÁ SOB A NOSSA AUTORIDADE.

Não tem sentido você consagrar a Deus aquilo que não é seu  ou aquilo não te pertence ou aquilo que você não tem autoridade.

Encontramos pelo menos 4 exemplos na Bíblia, onde Deus  ordena a unção:

1 - CONSAGRAÇÃO DOS SACERDOTES:

Deus ordenou a Moisés que ungisse a Arão e os seus filhos  (sacerdócio perpétuo), antes que eles começassem a trabalhar como sacerdotes. Êxodo  29: 21 Então tomarás do sangue, que estará  sobre o altar, e do azeite da unção, e o espargirás sobre Arão e sobre as suas  vestes, e sobre seus filhos, e sobre as vestes de seus filhos com ele; para que  ele seja santificado, e as suas vestes, também seus filhos, e as vestes de seus  filhos com ele.

2 - CONSAGRAÇÃO DOS REIS:

Deus ordenou a Samuel que ungisse como reis Saul e Davi para que o  Espírito Santo pudesse agir na vida deles:

1 Samuel 10:1 Então tomou  Samuel um vaso de azeite, e lhe derramou sobre a cabeça, e beijou-o, e  disse: Porventura não te ungiu o SENHOR por capitão sobre a sua herança?

1 Samuel 16:13 Então Samuel  tomou o chifre do azeite, e ungiu-o no meio de seus irmãos; e desde aquele dia  em diante o Espírito do SENHOR se apoderou de Davi; então Samuel se levantou, e  voltou a Ramá.

Zadoque ungiu a Salomão como rei:

1 Reis 1:39 E Zadoque, o  sacerdote, tomou o chifre de azeite do tabernáculo, e ungiu a Salomão; e  tocaram a trombeta, e todo o povo disse: Viva o rei Salomão!

3 - UNÇÃO PARA CURAR OS ENFERMOS:

Tiago 5:14-15 Está alguém  entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o  com azeite em nome do Senhor; E a oração da  fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados,  ser-lhe-ão perdoados.

Notem que Tiago diz que a ORAÇÃO DA FÉ curará o doente. A unção representa  mais uma vez a CONSAGRAÇÃO A DEUS do doente, ANTES DA CURA.

4 - UNÇÃO PARA LIBERTAÇÃO:

Isaías 10:27 E acontecerá,  naquele dia, que a sua carga será tirada do teu ombro, e o seu jugo do teu  pescoço; e o jugo será despedaçado por causa da unção.

O sangue de Jesus nos purifica de todo o pecado,  portanto nos possibilita o contato direto com Deus. 1  João 1:7 Mas, se andarmos na luz, como ele na luz  está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho,  nos purifica de todo o pecado.

A libertação plena vem pela consagração das nossas vidas a Deus,  vivendo uma vida de santidade e de fidelidade a Deus.

Todo aquele que é consagrado a Deus tem sobre si o  poder da Palavra libertadora de Deus e o poder do Filho de Deus.

João 8:32 E conhecereis  a verdade, e a verdade vos libertará.


João 8:36 Se, pois, o  Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.

Quando você unge uma pessoa com problemas espirituais, não esqueça  que você a está consagrando a Deus, portanto esse ato deve ser feito com extrema  cautela e somente com o direcionamento do Espírito de Deus, para que haja a verdadeira  libertação e não somente um ato ritualístico que não levará a lugar nenhum,  antes trará mais sofrimento.

Deus te abençoe.

Um abraço. Fique na paz do nosso senhor e salvador Jesus Cristo.

Pr. Val Martins
Enviar Indique a leitura desta mensagem para um amigo!