Igreja Cristã Evangélica
... e neste lugar darei a paz, diz o SENHOR dos Exércitos. Ageu 2:9

PALAVRA PASTORAL

A Loucura do Evangelho. 1 Coríntios 1:18-25

Como explicar o amor incondicional de Deus, através do  sacrifício de Jesus?

Como explicar os efeitos do sacrifício de Jesus?

O mundo evangélico necessita refletir claramente sobre essas duas perguntas, pois o sacrifício de Jesus tem sido desprezado de  forma contundente nos dias de hoje.
 
Cada vez mais vemos pessoas “convertidas” há anos que não  conhecem o verdadeiro evangelho e consequentemente agem de forma contrária à  palavra Deus.
 
A igreja, de forma geral, tem pregado um evangelho muito natural, as vezes  carnal, onde a mensagem pregada é que a morte de Jesus na cruz já aconteceu,  portanto todos já venceram.
 
E se esquecem que as coisas naturais são loucura para Deus e  as coisas de Deus são loucura para o homem natural. 1Co. 1:19 Porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios e aniquilarei a  inteligência dos inteligentes. 20 Onde está o sábio?  Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura, não  tornou Deus louca a sabedoria deste mundo? 21 Visto como, na sabedoria de Deus, o mundo não conheceu a Deus pela sua  sabedoria, aprouve a Deus salvar os crentes pela loucura da pregação.

Jesus morreu na cruz, sim e o seu sacrifício gerou a  redenção do homem perante Deus, mas para que isso aconteça é necessário que o  homem se torne diferente do era até então, pois antes de Jesus fazer parte da nossa vida  estávamos mortos e através do arrependimento dos nossos pecados, através da  vinda de cristo e através da vergonha da sua morte na cruz, fomos curados e  restaurados e levados a condição de filhos de Deus.
 
Antes erámos criaturas de Deus, agora somos filhos de  Deus, mas somente aqueles que aceitaram e entenderam o sacrifício de  Jesus. Jo. 1:12  Mas a todos quantos o receberam deu-lhes o poder de  serem feitos filhos de Deus: aos que creem no seu nome.
 
Nunca se esqueça de que seguir a Jesus significa obedecer os  evangelhos e é muito triste ouvirmos determinadas palavras de convertidos há muitos anos atrás, como:

Eu não consigo perdoar determinadas pessoas.
Mt. 6:14 Porque, se  perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará  a vós.
Mt. 18: 21 Então, Pedro,  aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra  mim, e eu lhe perdoarei? Até sete? 22 Jesus lhe disse: Não te digo que até  sete, mas até setenta vezes sete.


De vez em quando eu solto um palavrão sem querer.
Ef. 4:29 Não saia da  vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação,  para que dê graça aos que a ouvem.

Eu estou sem forças para orar. Eu não consigo orar.
1Ts. 5:17 Orai sem  cessar.

Quando eu começo a ler a Bíblia me dá sono.
Os. 4:6 O meu povo foi  destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o  conhecimento, também eu te rejeitarei...

No trânsito eu me transformo.

Gl. 5:22 Mas o fruto do  Espírito é: caridade, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé,  mansidão, temperança.

Mexa com tudo, só não mexa com a minha família.

Mt. 10:37 Quem ama o pai  ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha  mais do que a mim não é digno de mim.

Muitos estão enganando a si mesmos, achando que aceitaram a Jesus e o seu sacrifício na cruz, mas na verdade quem tem alguma das atitudes acima está rejeitando a Cristo e quem rejeita a Cristo será réu do corpo e do sangue do Senhor, ou seja, será condenado.

Um abraço. Fique na paz do nosso senhor e salvador Jesus Cristo.

Pr. Val Martins
Enviar Indique a leitura desta mensagem para um amigo!