Igreja Cristã Evangélica
... e neste lugar darei a paz, diz o SENHOR dos Exércitos. Ageu 2:9

PALAVRA PASTORAL

O lugar Santíssimo. Êxodo 26

Ex 26:30-33 "Faça o tabernáculo de acordo com o modelo que lhe foi mostrado no monte. "Faça um véu de linho fino trançado e de fios de tecido azul, roxo e vermelho, e mande bordar nele querubins. Pendure-o com ganchos de ouro em quatro colunas de madeira de acácia revestidas de ouro e fincadas em quatro bases de prata. Pendure o véu pelos colchetes e coloque atrás do véu a arca da aliança. O véu separará o Lugar Santo do Lugar Santíssimo.

Deus deu instruções a Moisés sobre como o Tabernáculo de Deus deveria seria ser construído.

Deus detalhou tudo: As medidas, as divisões, os materiais, os utensílios e as finalidades de alguns materiais e utensílios.

O grande objetivo da construção do Tabernáculo de Deus era que o homem, através de determinadas atitudes, se tornasse digno da presença de Deus.

Quando o homem levava um animal (normalmente um cordeiro) para o sacerdote imolar no altar do Tabernáculo, na verdade ele estava:

1 – Pedindo perdão a Deus pelos seus pecados;
2 – Praticando adoração e louvor a Deus;
3 – Demonstrando a sua fraqueza e a sua dependência de Deus;
4 – Demonstrando a sua submissão e a sua obediência a Deus.


A divisão do Tabernáculo também tem um significado importante para o nós nos dias de hoje, como no passado:

O Portão:
Deus mantem uma porta aberta, para que todo aquele que desejar entrar e receber o perdão dos seus pecados, através do arrependimento e entrega da sua vida a Jesus.

O Átrio ou Pátio:
Lugar onde acontece a reconciliação do homem com Deus, após declaração pública do desejo de receber o sacrifício do Cordeiro de Deus sobre a sua vida e de se arrepender dos seus pecados.

O Lugar Santo:

Lugar de adoração e louvor, onde você se apresenta diante de Deus para declarar quão importante Ele é para você e onde você apresenta o seu desejo de agradá-lo e de obedecê-lo.

O véu:
Significa a separação do homem e Deus, por causa do pecado, tanto é, que somente o sumo sacerdote podia entrar uma vez por ano além do véu (no lugar Santíssimo) e somente após praticar rituais de purificação especificados por Deus, senão ele morreria.
Jesus já rasgou o véu que separava o homem e Deus, pois através de Jesus temos a purificação dos nossos pecados e todos aqueles que o aceitaram como o seu senhor e salvador, têm o direito de entrar no Lugar Santíssimo. Mc. 15:37-38 E Jesus, dando um grande brado, expirou. E o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo.

O Lugar Santíssimo:
Lugar de comunhão com Deus, onde sentimos e ouvimos a voz de Deus.
Nesse lugar somente pode estar aquele que consagrou a sua vida a Deus e mantem um vida de santidade e santificação, pois o lugar continua sendo SANTÍSSIMO.
A grande diferença da época de Moisés para a nossa época é Jesus, que rasgou o véu e permite que entremos no Lugar Santíssimo todos os dias. Agora não somente o sumo sacerdote, uma vez por ano, mas você, todos os dias.

Mas como dissemos, o Lugar continua Santíssimo e você não vai encontrar Deus e ouvir a sua voz se as suas atitudes ainda forem pecaminosas.

Não adianta tentar entrar no Lugar Santíssimo, sem antes entrar no Lugar Santo, que é o lugar de adoração e louvor, de culto. Jo 4:23-24 Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade, porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.

Portanto, se você quer ouvir a voz de Deus, pare de pecar, entregue verdadeiramente a sua vida a Jesus, santifique-se, adore, louve e cultue a Deus e você sentirá a presença de Deus mais forte do que a luz do sol.

Um abraço. Fique na paz do nosso senhor e salvador Jesus Cristo.

Pr. Val Martins
Enviar Indique a leitura desta mensagem para um amigo!